Como criar sua loja on-line: dicas para sites de comércio eletrônico

como criar sua loja on-line


Com as vendas de comércio eletrônico representando 17% de todas as vendas no varejo e crescendo a uma taxa impressionante de 13,7% ao ano, a criação de um site de comércio eletrônico está se tornando uma das maneiras mais lucrativas de se fazer negócios. Mas dominar a tecnologia pode ser difícil – a boa notícia é que você não precisa de muitos recursos, tempo ou conhecimento técnico para criar e lançar uma loja online de sucesso..

Quer saber como criar sua loja online? Comece com o básico

A bem-sucedida loja de comércio eletrônico começa com um design web de primeira linha. Os elementos de design da sua loja precisam atrair e cativar seus visitantes – use imagens de largura total e minimize o texto para evitar distrações. Com mais de 93% dos consumidores admitindo que a aparência visual é o fator mais importante ao fazer uma compra, verifique se a estética da sua loja funciona a seu favor.

Um truque interessante para otimizar o desempenho da sua loja on-line é exibir seus parceiros. Você acabou de finalizar uma parceria com uma marca bem conhecida no seu setor ou em um setor relevante? Estabeleça sua reputação mostrando-a na página de destino: até pequenas empresas acrescentam um grau de confiabilidade à sua marca.

Ao criar um site de comércio eletrônico, concentre-se não apenas na apresentação, mas também no suporte. Os clientes que sabem que podem receber suporte oportuno e confiável após efetuar uma compra terão maior probabilidade de se tornarem compradores recorrentes. Garanta a solução de problemas antes, depois e durante o processo de compra com um recurso de bate-papo ao vivo – estudos demonstraram que apenas isso pode aumentar suas taxas de conversão em 10% ou mais.

Plataformas de comércio eletrônico

Para uma loja de comércio eletrônico ter sucesso, você precisa de uma plataforma confiável. Plataformas de comércio eletrônico, como Shopify, Wix e BigCommerce, geralmente são a maneira mais rápida e fácil de construir uma loja on-line e cada uma delas fornece milhões de lojas.

Obviamente, você pode criar sua própria loja com um editor de código como o WordPress e um serviço de hospedagem na web como BlueHost mas isso requer muito mais habilidade técnica. Na maioria dos casos, você precisará contratar um desenvolvedor da web que possa aumentar os custos. As plataformas de comércio eletrônico têm um baixo custo de entrada e não exigem muita habilidade técnica para serem configuradas. Eles também são particularmente escaláveis, o que significa que você pode adaptá-los e expandi-los à medida que sua empresa cresce.

Para descobrir qual plataforma de comércio eletrônico funciona melhor para seus negócios, pense em suas necessidades. Se você precisar de uma loja de grande escala, convém recorrer a uma plataforma mais poderosa como Shopify ou BigCommerce. Essas plataformas são configuradas para empresas que vendem a granel e vêm com poderosas ferramentas de análise para rastrear finanças, campanhas de marketing e comportamento dos visitantes.

Se sua empresa é menor ou você não planeja vender mais do que apenas alguns produtos, você pode começar com uma plataforma mais simples e barata, como Wix, Squarespace ou Weebly. Eles são extremamente fáceis de navegar e fáceis de usar e são uma ótima maneira de criar uma loja on-line lucrativa.

Em termos de recursos, o BigCommerce e o Shopify permitem vender através das mídias sociais – Facebook, Instagram, Pinterest, além de Amazon e eBay. O BigCommerce também suporta um recurso de recuperação de carrinho abandonado, que ajuda a aumentar as taxas de retenção e pode ajudar a recuperar 15% das taxas perdidas.

Se você não tem certeza de como criar sua loja on-line ou qual plataforma atende melhor às suas necessidades, teste as opções. A maioria das plataformas oferece testes gratuitos – 14 dias para Wix e Shopify e 15 dias para BigCommerce. Algumas das coisas a considerar ao criar uma loja on-line é quão intuitiva é a plataforma (para você e para seus clientes), se oferece hospedagem confiável e pode lidar com muito tráfego, como é o suporte e se é gratuito, sem limites sobre o número de produtos que você pode vender e o valor das taxas de transação que talvez você precise pagar. Veja quais opções a plataforma de comércio eletrônico oferece em termos de gerenciamento de remessa e estoque, bem como como os pagamentos são processados. Também é uma boa ideia analisar como a otimização do mecanismo de pesquisa é tratada – sua loja será exibida nos resultados de pesquisa do Google?

Escolhendo um nome de domínio

Você encontrou a plataforma perfeita – parabéns, agora é hora de começar. Escolher o nome de domínio certo é tão importante quanto escolher a plataforma de comércio eletrônico certa. Você precisa conhecer seu público e sua concorrência – ver o que eles estão fazendo e tentar melhorá-los. Escolha o código do país certo – se seu público-alvo for muitos clientes nos EUA ou internacional, é melhor usar um domínio .com.

Evite usar nomes de marcas (além da sua própria marca, é claro), pois isso pode causar problemas legais. Tente ser único e brinque com as palavras para se destacar dos seus concorrentes. No entanto, é importante estabelecer uma linha tênue entre ser interessante e ser muito obscuro. Certifique-se de adicionar uma palavra-chave ao seu nome de domínio – algo relevante para o seu nicho ou setor, pois isso ajudará você a subir no ranking dos mecanismos de pesquisa. Como regra geral, quanto maior a classificação do seu site, mais tráfego você obtém e mais tráfego se traduz em maiores receitas. Caso você já possua um nome de domínio, considere transferi-lo para sua loja online.

Palavras de despedida

Por último, mas não menos importante, verifique se sua loja on-line oferece suporte a opções de pagamento populares. Quanto mais fácil você facilitar a compra e o pagamento de seus clientes, maiores serão suas vendas. Atualmente, o PayPal é a solução de pagamento preferencial, mas seu público-alvo pode preferir outras opções – é por isso que conhecer sua base de clientes é essencial para administrar uma loja de comércio eletrônico bem-sucedida.

Considere também adicionar análises de produtos para aumentar a confiança do comprador. Os compradores on-line confiam no feedback de outros compradores para tomar uma decisão – incentive-os oferecendo a oportunidade de ver o que seus clientes satisfeitos pensam.

Quer saber como criar sua loja online? Siga estas dicas para criar e otimizar sua loja de comércio eletrônico e maximizar suas receitas on-line.

Jeffrey Wilson Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
    Like this post? Please share to your friends:
    Adblock
    detector
    map